Visualizações

segunda-feira, 15 de março de 2010

Festas Concelhias de S. José e dia do Pai

Póvoa de Lanhoso está em festa
Póvoa de Lanhoso no seu melhor...

Póvoa é um horto, um jardim; Uma estátua de foice na mão; Um castelo no cimo de um montão; Uma montanha e barbeitos de encantos sem fim... Uma Câmara iluminada; Um amontoado de granizo no Castelo de Lanhoso; Uma capela branca entre calçada; Uma Igreja de culto grandioso... Uma mata de arbustos e animais selvagens; Um várzea lá no fundo com ramada; Um rio com duas margens; Uma romaria afamada... Um campo de milho e trigo; Uma ramada de verde vinha; Um pintassilgo cantando no cultivo; Um forasteiro que caminha... Um rio com praia fluvial no Verão; Uma barragem d’água límpida que abastece o Município; Um pescador de trutas num pontão; Uma torneira de água fresca num precipício... Um tanque num quintal; Uma rotunda com chafariz; Um canto de pardal; Uma corrida de perdiz... Uma piscina de água potável; Uma estrada comprida de rectas e curvas; Uma cerveja afável; Um perigo constante na afinidade das chuvas... Um ambiente calmo ao fim de semana; Um dia de Verão quente que na praça acontece; Uma celebridade que se afama; Um bêbado que não sabendo beber esmorece... Um rancho em traje regional; Um ar puro e ameno no sol poente; Uma visita de um Cardinal; Uma nuvem cristalina em noite de lua crescente... Uma cerveja fresca na praça; Uma conversa da treta; Um amigo que se encontra e abraça; Um emigrante que se enfia na greta... Uma manhã de calor que volta a nascer; Um bar que começa a abrir e trabalhar; Um homem embriagado que começa a beber; Uma fotografia para mais tarde recordar... A Vila no CORAÇÃO do Minho! O Autor inspirado na vida e no pensamento...

autor Quelhas

Enviar um comentário

Aqui notícias relacionadas com os livros do autor Quelhas...

(Mensagens antigas)

POR FAVOR, PARA VER TODOS OS TEXTOS, CLIC NO FIM DE CADA PÁG. (Mensagens antigas)