Visualizações

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Concentração de brasileiros em Zurique numa manifestação pacífica e sem policiamento.

O Brasil acordou.

Cerca de 350 pessoas em Zurique viveram com emoção a primeira manifestação á memória de um povo na Suíça, que fica para a história, aconteceu na quinta-feira deia 20 de Maio de 2013.

A manifestação foi autorizada pelas entidades competentes e ocorreu em Helvetiaplatz, no centro da cidade de Zürich. Os cartazes transmitiam ordem, respeito e apelos ao governo brasileiro, ergueram-se as bandeiras e os manifestantes cantaram o hino nacional brasileiro e a palavra de ordem: “O povo unido jamais será vencido”. Tinha muita gente provenientes de outros países ao arredor a observar esta manifestação pacífica e sem procedentes.

Porque vocês estão aqui na manifestação?

A melhor manifestação, não será os brasileiros não aderirem á Copa do Mundo em 2014?

- Porque a gente está cansada de correpção. O Brasil está a preparar-se para a Copa do Mundo e com os hospitais e as escolas no estado que estão e, um país sem educação não vai a lado nenhum. A gente quer um povo que estuda, um povo que acredita no futuro, o futura é a gente, o povo que estuda, o futuro é a educação; não e o samba da mulata nem as pernas bonitas dos jogadores, é por isso que estamos aqui hoje. A gente não quer essa Copa do Mundo, quer é Samba no pé, o Brasil acordou. Nós solidarizamos com o povo brasileiro. Queremos mais qualidade de vida na saúde, segurança no trabalho, nas escolas e na rua, educação e investimento na mesma e não no futebol na Copa do Mundo.

Diz um entrevistado ao nosso jornal; Repórter X:

“Este e um dia que ficará marcado para que um dia conte a meus netos o que aconteceu aqui hoje em prol da solidariedade com o povo brasileiro nosso irmão lá no brasil. Dilma Fora. Como brasileiro digo que o Brasil não havia de ter Copa do Mundo não. O dinheiro que o Brasil ganha com o Futebol está no rabo da Dilma e do Ronaldo e para mim, o Ronaldo não e brasileiro não.

Palavras para que?
Visitem o Youtube no canal QuelhasGonçalves e vejam e ouçam as entrevistas…

 In Jornal: Repórter X “cultura de expressão portuguesa”
Autor: Quelhas



Outros apontamentos:

Rio de Janeiro - Brasileiros na Suíça estão sendo proibidos de protestar na porta da sede da FIFA, em Zurique. A manifestação estava programada para quinta-feira. Enquanto o governo tenta justificar suas contas e a população toma as ruas, a FIFA não escondia o mal-estar diante da situação e agora argumenta que são apenas “convidados” no Brasil. Fontes dentro da organização confessaram à reportagem que a cúpula da entidade está perdida e que não esperava as manifestações.


O protesto marcado para Zurique fez parte do movimento que ganhou cidades por todo o mundo e está sendo organizado por brasileiros que vivem na Europa. Mas, diante da recusa da prefeitura de Zurique em permitir o protesto na porta da FIFA, ela terá de ocorrer no local determinado pelas autoridades, longe da entidade.

A onda de protestos está pegando a FIFA de surpresa. O próprio Joseph Blatter e Jérôme Valcke deram declarações consideradas internamente como desastrosas. Há dois dias, Valcke disse em um seminário que estava “convencido de que se o Brasil ganhasse a Copa, as críticas seriam esquecidas”. Já Blatter insistiu que o futebol é “mais forte que a insatisfação das pessoas.”

O discurso era outro. “Somos convidados ao Brasil”. Por enquanto, a estratégia da entidade é a de apontar que a insatisfação do povo é com o governo.

A FIFA organizou uma colectiva de imprensa para, coincidentemente, falar do legado social e ambiental da Copa. Segundo os dados da entidade, 1% de sua renda vai para questões sociais. Mas a entidade se recusou a falar quanto era esse valor em comparação ao salário de Blatter.

Fonte: D24am.com

Sem comentários:

Aqui notícias relacionadas com os livros do autor Quelhas...

(Mensagens antigas)

POR FAVOR, PARA VER TODOS OS TEXTOS, CLIC NO FIM DE CADA PÁG. (Mensagens antigas)