Visualizações

domingo, 14 de agosto de 2011

Os mensageiros da cultura, criação, produção e difusão das artes, não são devidamente apoiados em Portugal e no Estrangeiro

Portugal é um país rico, de muitos artistas, de várias áreas e patamares sociais, que, não têm muitas das vezes apoios, da Comunicação Social, do Gabinete da Cultura, do Ministério da Educação e da Cultura, do Consulado e do Zé Povinho em geral... Que deixou de se cultivar e, dizem que os artistas são todos loucos...

Os muitos povoenses e, portugueses em geral, não merecem que nós autores e divulgadores da cultura façamos algo pela nossa terra! Fazemo-lo por amor à camisola e, para nos preencher o vazio que há dentro de nós autores e, também por Hobby e, pela partilha gratuita. Os muitos povoenses e, portugueses em geral, darão maior valor aos artistas que são os Diplomatas da terra em Portugal e fora de Portugal, quando, deixarem de partilhar grátis a cultura que partilham todos juntos!

Culturalmente; Assim, a literatura, pintura, escultura, música, arquitectura e artes ficam a perder!

O Apoio às Artes, quer a nível financeiro, quer a nível Humano, traduz-se no apoio à criação, produção e difusão das artes bem como na consolidação, qualificação e dinamização das redes de equipamentos culturais. Um dos principais instrumentos de realização dessas duas dimensões correlacionadas da política cultural é o financiamento público de actividades e de projectos que contribuam, quer para projectar nacional e internacionalmente a criatividade e a capacidade de inovação artísticas quer para desenvolver a sensibilidade e o pensamento crítico das populações, promovendo a sua qualificação e a coesão social.

"Tendo em conta o papel da cultura e, em especial, da área das artes, no desenvolvimento social e económico, bem como a necessidade da convergência de políticas sectoriais aproveitando sinergias e os seus efeitos reprodutivos, o Governo criou um quadro normativo, regulador dos apoios no âmbito da Direcção-Geral das Artes, que responde à necessidade de consolidação, dinamização e desenvolvimento sustentado das actividades artísticas."

Acrescento: Os apoios nunca chegam e, se chegam, chegam tarde e a más horas! Muitas das vezes os artistas precisam de apoios Morais e de Marketing a nível da Comunicação Social, rádio, TV e jornais que, tem maior importância que o próprio dinheiro.

Calor Humano!

Artistas não são aqueles que tiveram o berço d’Ouro!?

Sem comentários:

Aqui notícias relacionadas com os livros do autor Quelhas...

(Mensagens antigas)

POR FAVOR, PARA VER TODOS OS TEXTOS, CLIC NO FIM DE CADA PÁG. (Mensagens antigas)