Visualizações

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Fado de Lisboa - Cindy Peixoto in Schaffhausen, Suíça, entrevista por Quelhas

Fado de Lisboa - Cindy Peixoto in Schaffhausen, Suíça, entrevista por Quelhas "Fado de Lisboa" com Cindy Peixoto e grupo de fado Raizes. Philippe Sousa à guitarra portuguesa. Alexandre no cavaquinho e vocalista a solo e em duo com Cindy. Haviam mais dois elementos estrangeiros a acompanhar o fado de Lisboa, não sabendo a lingua Portuguesa, tocavam naquela noite de fado, agradável, aprazível e comovente, como se, os dedos soubessem falar Portugues, isto porque a musica é universal! O Nucleo de Intervenção Cultural e Expressiva, convidou na noite do dia 12 Februar 2011 a fadista Cindy Peixoto e seu Grupo de Fado Raízes, vindos de França, a actuar à Comunidade Portuguesa no Hofackerzentrun in Buchthalen no Kanton de Schaffhausen na Suíça. Na entrevista dada ao escritor e repórter Quelhas, Cindy Peixoto, encheu os olhos de brilho, cantou “ciúmes” para a TV Minho. A cantora confessou que cantava fados de Amália Rodrigues, tal como Mariza e, estava relacionada para os fados de Lisboa. A fadista Cindy Peixoto é Luso-Descendente de portugueses da freguesia de Verim no Conselho da Póvoa de Lanhoso e vive em Strasbourg. Para a fadista Lusa, cantar é a sua paixão, canta com emoções sinceras e vive intensamente a cultura Portuguesa. Nas perguntas flasch, a Cindy disse que já cantava desde pequenina (numa gargalhada à pergunta) e disse nascer na França e deste modo começou a cantar em francês. - Comecei a cantar em Francês na escola, porque para mim era mais fácil e depois acabei por cantar fado, mais ou menos há 5 anos a pedido do Cônso em França em Strasbourg que, estava à procura de uma fadista e não havia ninguém. O Cônso diz-me, vê lá se te atreves a cantar só um bocadinho e, comecei assim a cantar o fado com guitarra Portuguesa e com viola. Isto foi uma revelação, nunca mais quis cantar outra coisa, o fado estava dentro de mim, mas não o sabia, só soube mais tarde! A fadista lá ia respondendo ao entrevistando, e dizia com alegria, que não era nenhuma profissional e não tinha nenhuma vergonha por isso, (Cindy contou como uma Diva) senão toda a gente a conhecia. - Eu canto o fado como sei fazer com muita humildade, só tento trazer cultura Portuguesa a quem a não conhece e gostava de conhecer, aminha tarefa é essa. Propriamente falando de fado, toda a gente gosta de fado! Muitas pessoas em França, mas também na Suíça foram a Lisboa ouvir fado, Dizem: “eu não entendo a letra, não entendo Portugues, mas o fado é uma coisa enorme, e através do fado começaram a querer conhecer a cultura Portuguesa… A grande fadista Cindy Peixoto, revelou-nos que já foi por duas vezes à RTP 1 a Portugal, a convite da Secreteria de Estado, dizendo que, nada mudou na sua vida pessoal, apenas deu a conhecer o seu Grupo de Fado Raízes. - Ainda não gravei nenhum CD, que EU não deixo, em Portugal grava-se CD,s muito fácil e EU, prefiro esperar mais cinco anos e fazer uma coisa como eu gostaria que ela fosse feita… Cindy, fadista das Comunidades Portuguesas em França, respondeu ao escritor Quelhas, que gostava de fazer do fado a sua carreira, como todos nós, que era um sonho… Apresentou os músicos, Philippe Sousa Portugues que deu seu contributo na entrevista. Segui com a apresentação a Mateus e o Stefan estrangeiros, que a fadista elogiou, dizendo que eles é que estão de parabéns, porque para ela como Portuguesa era mais fácil estar em palco, quando a lingua Madre era a dela ao contrário daqueles dois musicos profissionais. http://raizes.skyrock.com/ Quelhas, escritor das Comunidades portuguesas na Suíça Canal Youtube quelhasgoncalves http://www.youtube.com/watch?v=Sb0GZ7752G8 www.tvminho.com http://povoadelanhosoacounoseum.blogspot.com/

Sem comentários:

Aqui notícias relacionadas com os livros do autor Quelhas...

(Mensagens antigas)

POR FAVOR, PARA VER TODOS OS TEXTOS, CLIC NO FIM DE CADA PÁG. (Mensagens antigas)