Visualizações

quarta-feira, 23 de março de 2011

Teus Olhos de Mundo - Efigênia Coutinho

TEUS OLHOS DE MUNDO Efigênia Coutinho Quando os teus olhos eu fito, percebo mil mundos vividos... E nestas imagens acredito, ver andorinhas fender o céu atravessando o oceano infinito. Vejo rios murmurantes, cascatas feitas um véu, regatos em torrentes ruidosas sobre tapetes verdejantes e sinto aroma de terras cheirosas... Diante de tua face, me encontrei meu mar interior azul e infinito, como o azul da tua alma, que ansiosa busquei, foi onde encontrei toda uma calma... E foi quando meus olhos de mar, se abriram desmesuradamente, como se quisessem beber você de uma vez somente, no cálice do amor fremente. Todo o teu mundo interior, de você, meu corpo e alma banhou, em delícias de amor maior, antes que o sol nascente surgisse, a mim mesma eu disse: - Quantos Mundos estes olhos terão vivido!... E uma voz me respondeu: A imensidão infinita, que te cobre como véu a qual teus olhos não podem medir, duma alma, são longínquos confins, que viveu antes de ti!... Balneário Camboriú Março 2011 http://www.avspe.eti.br/coutinho\EfigeniaCoutinho\OlhosDeMundo.htm

Sem comentários:

Aqui notícias relacionadas com os livros do autor Quelhas...

(Mensagens antigas)

POR FAVOR, PARA VER TODOS OS TEXTOS, CLIC NO FIM DE CADA PÁG. (Mensagens antigas)