Visualizações

sexta-feira, 6 de maio de 2011

O cônsul-geral de Portugal em Zurique, Paulo Rufino, acompanhou o funeral de jovem português vítima do atentado


Marrocos

Mais de um milhar no funeral de jovem português vítima do atentado

06 | 05 | 2011 16.48H


Mais de um milhar de pessoas prestou homenagem ao jovem de nacionalidade portuguesa vítima do atentado de 28 de Abril, em Marraquexe, em Marrocos, sepultado esta quinta-feira em Cadenazzo, na Suiça.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

Segundo a polícia local, o funeral de André Ricardo Costa Silva, de 23 anos, foi acompanhado por mais de mil pessoas, a maioria nacionais da comunidade portuguesa a residir no cantão de Ticino.
O cônsul-geral de Portugal em Zurique, Paulo Rufino, acompanhou as cerimónias, segundo informação enviada à agência Lusa pelo consulado, assim como autoridades de Ticino e da câmara de Cadenazzo, onde o jovem residia.
O jovem cidadão português fazia parte de um grupo de quatro amigos que estavam na esplanada do café Argana, na célebre praça Jamaa el-Fna de Marraquexe, pouco antes do meio-dia, quando ocorreu a explosão.
André da Silva e um dos amigos, suíço, tiveram morte imediata e hoje, a imprensa local noticiou a morte de uma das duas raparigas, que se encontravam hospitalizadas.
Sobe assim para 17 o número de vítimas mortais do atentado, em que ficaram feridas outras 21 pessoas.
O secretário de Estado das Comunidades, António Braga, tinha confirmado no domingo a morte de um jovem cidadão português no atentado em Marraquexe, e apresentou, em nome do Governo, as condolências à família.

Sem comentários:

Aqui notícias relacionadas com os livros do autor Quelhas...

(Mensagens antigas)

POR FAVOR, PARA VER TODOS OS TEXTOS, CLIC NO FIM DE CADA PÁG. (Mensagens antigas)