Visualizações

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Minha história: Cantor, Francisco de Assis e o violão-arte

Minha história!
Diz a história do cinema nacional que Orson Welles, cineasta americano, na busca da luminosidade ideal para filmar seu longa-metragem "It´s all true!" ("É tudo verdade!") afirmou que os dois lugares privilegiados em luz natural no Brasil eram Jundiaí, em São Paulo, e Várzea Alegre, no Ceará. Welles não conseguiu terminar o seu filme, um pequeno fracasso em uma carreira de grande sucesso mundial, mas Várzea Alegre continua sendo uma terra abençoada com luz e gente maravilhosas. Prova disso é o nosso menestrel Francisco de Assis, que adotou Joinville como sua cidade de morada e trabalho, mas que teve como berço a luminosidade do sertão cearense. Isso mesmo, aquela cidadezinha que encantou o cineasta americano. Na sua meninice, Francisco era parte da vida tranqüila do interior nordestino, sem muitos sustos ou afobações, mas com sonhos de se tornar alguém um dia, quem sabe um médico ou um engenheiro, quem sabe? E antes que a vida respondesse alguma coisa, nosso Francisco faz a primeira de muitas viagens, para casa de um tio em Aiuaba, cidade próxima de Várzea Alegre. Conhece gente daqui, conhece dacolá e de novo pé na estrada, dessa vez de carona até Ponta Grossa, terra dos avós, onde nosso futuro músico inicia uma não muita promissora carreira de comerciante. Entre uma volta e outra à cidade natal, casa-se com uma conterrânea, parceira de estrada e sonoridade até os presentes dias. Enfim, Joinville. Aqui Francisco descobriu sua sonoridade, enquanto trabalhava com vendas no comércio local. Viu-se violonista e buscou o caminho para desenvolver o ofício, tomando contato com a Casa da Cultura de Joinville pela primeira vez aos 24 anos de idade. Musicalidade na cabeça, pinho no punho e pés no chão, receita que só pode terminar em sucesso, em desejo alcançado. Mas não ainda. Resolve ir morar em São Bernardo do Campo, vizinho à paulicéia desvairada, e nisso tome mais 2 anos no Conservatório André Silva Gomes e 3 anos no Conservatório Dó-Ré-Mi, onde a parte instrumental fica mais que lapidada. A esposa entra em cena e o retorno a Joinville transforma-se em realidade. Ao voltar para nossa cidade, Francisco de Assis começa a trabalhar como professor de violão do CSU (Centro Social Urbano) do Iririú, onde coloca sete anos de sua vida no ensino de violão para crianças e adolescentes da comunidade. Realiza neste tempo um concurso para professor de violão do SESC e consegue o lugar. Mais oito anos e meio de pura dedicação ao trabalho de formar novos violonistas, bem como o de se aprofundar em pesquisas sobre métodos de aprendizado do instrumento, lhe valem o reconhecimento como grande músico profissional e o respeito dos joinvillenses por seu método de ensino simples e inovador de aprender a tocar um instrumento tão especial como o violão. Sucesso total e inquestionável. Hora de seguir vôo solo e percorrer novos caminhos, só que desta vez sem deixar a cidade que é sua referência de trabalho e de vida. Ao contrário, trabalhando em seu próprio espaço, com seus alunos, e empregando o seu método de compreender e dominar a magia do instrumento; um instrumento que um dia foi sonho e hoje é uma realidade onde o nosso Francisco tira o incentivo continuar na luta. Para nós, admiradores da boa música, só resta ficar atento para não perder a chance de estar por perto quando mestre Assis resolver dar uma palhinha no seu violão preferido e povoar de sonhos e alegria um momento desses da natureza. Valeu mestre! Com uma voz incomparável. Marcelo Serpa
NA escola Jornal A Noticia: Francisco de Assis Lançou o seu primeiro álbum (UM NOVO VIVER) Músicas próprias e uma musica do cantor e compositor Djavan á musica “SE”.
Acreditar... É necessário acreditar sempre traçar uma meta e seguir em frente ser disciplinado,dedicado,e acima de tudo ter Deus do seu lado, Acreditar em você, é sonhar com o mundo melhor,é o mínimo que devemos fazer é nunca pare de sonhar...
No apoio Francisco encontrou uma força chamada Jesus Cristo “ sem essa luz jamais teríamos conseguido gravar um CD com a qualidade que tem UM NOVO VIVER..
Um Novo Viver, primeiro Álbum de Francisco de Assis, com músicas própria, incluindo a interpretação da música 'SE' do cantor e compositor Djavan. Algumas pessoas a primeira vista ao ouvir o nome do Cd podem se perguntar, por quê este nome? Ser¡a música Religiosa? Música Gospel? Não,as músicas contidas nesta obra são no estilo MPB, como a música Sereia, que possui um toque Latino, envolvente, ou Solidão que possui um toque mais agressivo.e Amor Virtual um reagge com uma batida forte. Então por quê esta música? E por quê o título do disco? Apenas um único motivo, expressar toda a gratidão a Deus por permitir a realização deste trabalho, porque sem Ele não seria possível, o qual exigiu muita dedicação, trabalho e esforço, para que se pude-se superar todas as barreiras enfrentadas ao longo deste caminho tão árduo que se é a gravação de um disco, com esta qualidade de áudio o qual se foi buscado desde o começo. Essas músicas são feitas com um alto grau de qualidade, podendo ser ouvidas por toda a família, pessoas de todas as idades, que com certeza quem ouvir irá gostar, pois é isso que muitos busca na musica, começo meio e fim.
A BUSCA: Se Deus quiser vou conseguir atravessar varias pontes e assim mostrarei para todos que não se devem parar onde muitos param, o certo é acreditar em si mesmo pois com ajuda de Deus nada é impossível, ele esta comigo e com você aonde quer que estejamos. e por isso sou persistente e vou buscar meu sonho correr a trás do meu projeto, meu objetivo e assim construirei minha historia.
JUSTIFICATIVA: música é uma manifestação da humanidade desde seus primórdios, faz parte dos rituais e celebrações da sociedade. Além de despertar o senso coletivo a musica propõem uma reflexão pessoal. Eu Francisco de Assis vejo a música como função de valorização da cultura e como parte significativa das manifestações culturais de nosso Brasil. Na tangibilidade da musica, pois ela é uma forma inclusão social, pois não pede permissão para adentrar a alma daqueles que sem querer ouvem o bálsamo.
Onde eu quero chegar? Ate você mostrar as minhas musicas para o Brasil e o mundo... as musicas do segundo cd estão prontas para gravar. A musica é a asa que a alma recebeu de Deus para alcançar o céu. Francisco de Assis
http://www.sonico.com/bandas/franciscodeassis

Sem comentários:

Aqui notícias relacionadas com os livros do autor Quelhas...

(Mensagens antigas)

POR FAVOR, PARA VER TODOS OS TEXTOS, CLIC NO FIM DE CADA PÁG. (Mensagens antigas)